SAÚDE

Governadores pedem à Anvisa 66 milhões de doses da Sputnik
Mato Grosso do Sul está ausente na relação de pedidos protocolados




(Divulgação/Ministério da Saúde da Rússia)

Doze estados brasileiros já protocolaram junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pedido de importação de pelo menos 66,6 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. Os dados são da própria agência reguladora, que recebe governadores nesta terça-feira (6) para tratar da importação do imunizante contra a covid-19.

Bahia, Acre, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Sergipe, Pernambuco, Rondônia e Pará fizeram o pedido. Segundo a Anvisa, os estados fizeram os seguintes pedidos:

Bahia: 9.770.280 doses
Acre: 656.340
Rio Grande do Norte: 300.010
Maranhão: 4.582.860
Mato Grosso: 1.201.500
Piauí: 2.173.610
Ceará: 5.581.610
Sergipe: 400.000
Pernambuco: 4.000.000
Rondônia: 937.590
Pará: 37.000.000

A vacina, que ainda não é liberada para uso emergencial ou definitivo no Brasil, deve ser produzida no Brasil pela União Química, que já iniciou a produção de lotes-piloto.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM